Com_traste

Com_traste

domingo, 31 de julho de 2011

Homem Pássaro



O homem pássaro tem asas nos olhos
Peito sem pena pesada
Boca de colibri colorido
O homem pássaro voa como voam as aves dos meus olhos
Sorri como sorriem os beijos enamorados
Canta como as madrugadas primaveris
O homem pássaro é feito dos meus sonhos
Esconde-se na palavra que escrevo no tronco das arvores
Aparece cada vez que eu de mim preciso
O homem pássaro não tem ninho
É livre e solto como o vento
Voa em círculos enrolado no meu pensamento
E come todos os meus suspiros
O homem pássaro tem asas do tamanho do meu mundo imaginário
Crescem-lhe penas nos dedos quando me deixa
Chora baixinho quando me ama
O homem pássaro é eterno
Vive na minha vida
Até que eu me transforme em pássaro
E parta rumo aos seus abraços

2 comentários:

  1. e num voo picado, atravessas todas as fronteiras do imaginário, nas asas do teu pássaro.

    ResponderEliminar