Com_traste

Com_traste

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

INQUIETA- QUIETA- MENTE


Inquieta…a mente de gente
Inquieta e faz-nos brincar
Como quem finge que nem pensa
Como quem faz de conta
Inquieta a alma
A voz
O sexo
Inquieta as mãos vazias
A barriga faminta
Inquieta o momento ausente
A escuridão da noite
A rua cheia de nada
A casa sem ti
Inquieta o sorriso que falta
Enquanto chora
E chora e ri
Inquieta a gargalhada nervosa
sorri
E ri e chora
Ri inquieta
Chora inquieta
Cada vez mais inquieta
Sozinha
Perde-se aqui e ali
Pensa que já nem pensa mais assim
Cá dentro, vagueia sem rumo
Lá fora, faz-se pensamento concreto de nada
E aparenta a inquietação que sente
Disfarça
É ausente
Sorri
Sente
Oh como sente!
Inquieta a mente
Inquieta
Perdidamente
Inquieta
E mente assim inquieta
Fingindo não estar assim
quieta mente!

1 comentário:

  1. Não mente
    a inquietação
    da gente.
    Mas se não
    inquieta,
    mente.

    ResponderEliminar