Com_traste

Com_traste

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Falta-te um bocadinho assim »...«

O tempo...é aquela coisa que fica contida entre o indicador e o polegar
Quando seguras uma ervilha e estás feliz
O tempo...é aquela coisa que fica entre o isqueiro e o cigarro
Quando estás a tentar deixar de fumar...e estás...nervoso
O tempo...é aquela coisa que fica entre a recordação de um beijo...e o sorriso que fazes ao lembrar...
Quando estás consciente que a vida são momentos
O tempo...é aquela coisa que fica entre a dor no peito e um suspiro...quando tens saudades de algo
O tempo...é uma estrada acidentada...quando não sabes se deves ir ou ficar
O tempo...é o eco no fundo de um poço
Quando repetes vezes sem conta o erro de não beberes quando tens sede
O tempo...é o tempo que levas a pintar as brancas...mesmo que arrastes os dias a tentar disfarçar
O tempo...é aquela coisa doce em forma de nuvem...que te deixa os cantos da boca pegajosos
O tempo...é...longo
Quando o fazes teu e partilhas
E entendes que ele é a tua única sina
Quando desenhas na palma da mão o teu destino.


2 comentários:

  1. Este teu texto dá um hino para quem sente as palavras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada...só agora vi o comentário...nem sei onde ando ;O)

      Eliminar